terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Vila Real Tinto Grande Reserva 2007

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments


Vinho: ADEGA VILA REAL Reserva

Tipo: Tinto

Colheita: 2007

Região: DOURO DOC

Castas: Tinta Barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional.

Perfil: Elegante, encorpado, "blend" tradicional das castas clássicas do Douro.

Prova: Aroma de grande intensidade, muito complexo. Frutos silvestres, frutos vermelhos, esteva, "regliss", notas florais e especiarias, aromas que denotam as castas que dão a alma a este vinho: Titna Barroca, Tinta Roriz, Tinto Cão, Touriga Franca, Touriga Nacional e uma rigorosa selecção de uvas das vinhas velhas em redor da cidadela medieval de Vila Real, a cerca de 500mt de altitude, que permitem atingir a elegância e frescura deste "blend".

O estágio prolongado em barricas de carvalho francês (75%) e carvalho americano (25%) adicionou notas de cravinho, baunilha, adicionando maior complexidade aos aromas das uvas.

Na boca podemos sentir de forma invulgarmente longa e persistente toda a concentração aromática, além de taninos que vão permitir uma grande longevidade a este vinho.

Gastronomia: Sugerimos com este vinho que visite Vila Real e nos melhores restaurantes o prove a acompanhar a rica gastronomia da zona, como as Tripas aos Molhos, o fumeiro tradicional, pratos de caça ou o cabrito com arroz de forno em barro de Bisalhães. Servir a 15ºC.

Origem: Fundamentalmente uvas provenientes das melhores vinhas com letras A e B e uma pequena percentagem, de uvas de vinhas de altitude.

Vila Real Branco Grande Reserva 2009

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Vinho: ADEGA VILA REAL Reserva

Tipo: Branco

Colheita: 2009

Região: DOURO DOC

Castas: Viosinho, Fernão Pires, Malvasia Fina.

Perfil: Aroma concentrado, mineral, fermentação em barrica, volume de boca, textura aveludada, final longo.

Prova: Aroma fresco e muito complexo, muito intenso, fruta muito bem casada com as notas finas de barrica e borra provenientes do longo estágio em "batonnâge". Na boca surpreende pela explosão de aromas e final muito longo. Vinho produzido a partir de uma rigorosa selecção de uvas em vinhas muito velhas em altitude de sócios seleccionados.

Gastronomia: Excelente com queijos de ovelha curados de Trás-os-Montes, assados de sabor vincado, alheira de caça grelhada, bacalhau com ovos. Servir a 8º-10ºC.

Origem: Selecção das melhores uvas de vinhas de altitude em vinhas velhas, estas vinhas são cuidadosamente acompanhadas pelo técnico de viticultura da adega durante todo o ciclo vegetativo.

Vila Real Tinto Reserva 2008

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Vinho: ADEGA VILA REAL Reserva

Tipo: Tinto

Colheita: 2008

Região: DOURO DOC

Castas: Tinta Barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional.

Perfil: Carácter típico do Douro, envelhecido em madeira, complexo, gastronómico.

Prova: Aroma intenso de frutos vermelhos e pretos do bosque, notas especiadas e alcaçuz evidenciam a maturação das principais castas plantadas em zonas altas e frescas do Douro, como a Tinta Roriz, mais aromática e leve, a Touriga Franca mostra muita fruta e notas vegetais discretas e a elegância da Touriga Nacional. O breve estágio em barricas francesas complexa o aroma de fruta e estágio deste excelente exemplo de vinhos do Douro com perfil moderno e internacional, mas muito típico. Na boca é doce e envolvente, com taninos nobres muito suaves, final longo e quente.

Gastronomia: Acompanha com pratos robustos tradicionais de Trás-os-Montes, cabrito assado, tripas e outras iguarias da cozinha tradicional portuguesa. Servir a 15ºC.

Origem: Acompanhamento e selecção das vinhas associados durante a maturação, situadas em zonas quentes e secas, com exposição Sul/Poente e predomínio de vinhas muito velhas plantadas em socalcos.

Vila Real Branco Reserva 2009

BY Estado Liquido - Wines & Spirits No comments

Vinho: ADEGA VILA REAL Reserva

Tipo: Branco

Colheita: 2009

Região: DOURO DOC

Castas: Viosinho Fernão Pires, Malvasia Fina.

Perfil: Encorpado, mineral, envelhecido em madeira, final longo.

Prova: Aroma fresco e complexo, notas varietais das castas típicas dos planaltos Durienses em harmonia com as notas a tosta e frutos citrinos maduros típicas do contacto prolongado com as borras finas. Na boca mostra volume e frescura bem casados com final doce.

Gastronomia: Vinho de carácter gastronómico, peixe assado no forno à portuguesa, queijos de ovelha de pasta mole, carnes brancas e pratos de bacalhau. Servir a 8-10ºC.

Origem: Neste vinho sente-se a concentração aromática e a acidez elevada das uvas provenientes das vinhas tradicionais muito velhas ao redor de Vila Real, a uma quota média de 450 mts e com exposições dominantes Norte/Nascente.

Vila Real Tinto Colheita 2009

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Vinho: ADEGA VILA REAL Colheita

Tipo: Tinto

Colheita: 2009

Região: DOURO DOC

Castas: Tinta barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional.

Perfil: Tinto típico do Douro, jovem, equilibrado e de corpo médio, consumo quotidiano.

Prova: Aromas de frutos vermelhos e especiarias revelam umamaceração suave de modo a preservar as notas típicas das castas e fazer com que o vinho esteja no seu auge após o engarrafamento. Na boca é muito suave e doce com acidez equilibrada.

Gastronomia: Combina com a cozinha tradicional portuguesa em geral, cozinha mediterrânica. Recomendamos os tradicionais salgados de Vila Real. Servir a 15ºC.

Origem: Uvas provenientes de vinhas plantadas entre os 1000 e os 550 metros, em geral vinhas tradicionais do Douro viradas a Sul/Poente com altas densidades. Selecção de uvas a diferentes altitudes de modo a conseguirmos um bom equilíbrio entre a fracção aromática e a estrutura.

Vila Real Branco Colheita 2010

BY Estado Liquido - Wines & Spirits No comments

Vinho: ADEGA VILA REAL Colheita

Tipo: Branco

Colheita: 2010

Região: DOURO DOC

Castas: Viosinho, Fernão Pires, Malvasia Fina.

Perfil: Carácter mineral, corpo médio, frutado, fresco e crocante.

Prova: Aroma muito fresco, notas citrinas e florais muito típicas dos vinhos brancos de altitude do Douro. Notas citrinas frescas no ataque de boca e final médio com fruta viva.

Gastronomia: Excelente como aperitivo, com peixe e marisco, pizzas, pastas e cozinha oriental. Servir a 8 - 10ºC.

Origem: Predomínio das Vinhas Velhas com as castas brancas tradicionais do Douro, plantadas em zonas altas e de meia encosta, a uma quota média de 450 mts, com exposições dominantes a Norte/Nascente e com acidez fixa elevada.