segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

O que faz os vinhos serem diferentes?

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

CLIMA
Para compreender o que faz os vinhos serem diferentes, primeiro você precisa ver como as uvas amadurecem. É importante, como em qualquer outra fruta, que a vinha tenha disponível suficiente luz solar para amadurecer. Se a uva não tiver suficiente luz solar, permanecerá verde e dura e terá um sabor demasiado ácido e amargo. Se as uvas receberem suficiente luz solar, os ácidos amargos nas uvas vão se transformar em açúcar, as peles amadurecem e, no caso das uvas tintas, tornam-se vermelhas primeiro e púrpura profundo depois. 

Muito sol fará com que toda a acidez da uva se transforme em açúcar e o vinho produzido pareça apagado e desequilibrado. Pouco sol fará com que o vinho pareça delgado e amargo. O sucesso de um vinho dependerá do correcto equilíbrio entre chuva, luz solar e temperatura. Um dos factores mais importantes na determinação do estilo final do vinho é onde são cultivadas as uvas e qual o clima dessa região. 

Conhecer o clima de uma região irá dar-nos uma ideia das temperaturas e das condições meteorológicas de que vamos dispor para a produção de vinho e, consequentemente, uma ideia geral de qual será o seu estilo. 

Clima Fresco
Os exemplos incluem as regiões do Norte de França, Alemanha e Nova Zelândia.
As regiões de clima fresco darão vinhos que são:
• Principalmente brancos
• De elevada acidez
• De menor teor alcoólico
• De sabor refrescante

Clima Quente
Os exemplos incluem regiões no Sul de França, Espanha e Austrália. As regiões de clima quente darão vinhos que são:
• Principalmente tintos, devido ao facto de as uvas tintas necessitarem de mais calor para amadurecerem
• De elevado teor alcoólico
• Ricos em sabor

Relacionados:

Introdução ao Vinho - Castas

0 comentários:

Enviar um comentário