segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Aprender a fazer um Gin Tónico perfeito

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN , 1 comment


Como se sabe, as especiarias potenciam o sabor do GIN de uma forma mais forte ou apenas dando um toque de subtileza, irá depender de quem o serve e do gosto do próprio consumidor. Porém, neste momento sabemos que se preparam muitas combinações em que um dos objectivos é potenciar a parte visual. Não se deve descurar e é do conhecimento de todos que existe um trabalho de marketing muito importante no momento de servir um gin tónico. Em alguns consumidores esta parte visual afecta tanto a satisfação final, que por vezes nem se lembram do Gin que beberam, apenas (era espectacular, com o morango em cima do copo e tinha uma folha "que nem me lembro do que era", etc...).

Por exemplo, colocar pétalas de rosa num gin tónico, dificilmente irá potenciar o sabor, quanto muito, irá potenciar os aromas, mas, sem dúvida que irá potenciar muito a apresentação e espectacularidade aos olhos do consumidor do gin tónico.

Agora, se pegarmos em rodelas de pepino irá de facto trabalhar no sabor, num gin tónico clássico irá incrementar um sabor de frescura muito agradável e irá trabalhar nos aromas, no entanto recomenda-se que o pepino seja colocado com um pau de bambu, porque ao fins de uns minutos deve de ser retirado, porque se não, irá se sobrepor a todos os sabores e ao fim de um tempo o gin tónico apenas saberá a pepino, nada mais. Aplica-se igualmente a outras combinações fortes, como por exemplo, o morango.

Se nesta altura já é normal refrescar o copo, escorrer o excesso de água como primeiro passo na preparação de um gin tónico, também sermos presenteados com pedras grandes e irregulares de gelo começa a ser normal (pedra de gelo quanto maior for, melhor). Desta forma irá proporcionar outra apresentação em detrimento das normais pedras de gelo que fazemos "nos sacos tradicionais em que enchemos de água e colocamos no congelador". Para conseguir essas pedras grande e irregulares que aumentam a espectacularidade da apresentação, pode por exemplo, encher uma garrafa de plástico e a congelar, ao cortar depois a garrafa irá conseguir obter grandes pedras de gelo irregulares.

Como consumidor deverá se lembrar que em média um gin tónico deve de ser bebido em 15/20 minutos, porque ao fim desse tempo o gelo ao se derreter irá alterar todos os sabores. Porém se pode consumir (com moderação claro) porque com alguns testes feitos por especialistas, estima-se que um gin tónico tenha um baixo teor alcoólico, depois de feito com as doses recomendadas 1/3 situa-se entre os 7º e 11º vol (depende do gin adicionado, claro).

Sugestão para escolher quais os sabores que mais gosta no gin
Se quer descobrir quais os sabores que mais gosta, prove todos os gins sempre com a mesma água tónica e apenas adicionando gelo. Será uma forma diferente de descobrir quais os gins que melhor se adaptam ao seu palato.

Sugestão para quem serve gin tónico
Tenha uma carta com excelente apresentação visual, com uma grande fotografia do resultado final e onde seja de fácil leitura:
História do gin (o que é usado nesse tónico)
Ingredientes do gin
Especiarias que são adicionadas
Água tónica a utilizar
Modo de preparação

Sugestões de acompanhamento (exemplo: Tanqueray Ten com snacks fritos ou tosta de Foie Gras caramelizado com compota de manga. G´Vine com aperitivos japoneses ou tostas com compota de uva ou anchovas).

Tenha disponível variados snacks/enlatados de marisco, frutos secos, produtos avinagrados, azeitonas com pimento, etc...

Artigos relacionados

Gin tónico perfeito

Gin





1 comentário: