sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Numeração de rolhas promete impedir fraudes

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Para evitar fraudes, muitos produtores de vinhos começaram a numerar garrafas, usar selos específicos e rótulos que impedem cópias. Agora, um produtor de rolhas da Itália desenvolveu e patenteou outro um método que garante a autenticidade do vinho. A empresa Brentapack criou o sistema IDCork, que coloca códigos individuais nas rolhas permitindo que os consumidores acessem a detalhes da história do vinho através de um aplicativo. O sistema baseia-se na convicção de que os rótulos podem ser copiados, mas as rolhas não. «A composição da rolha é como uma impressão digital, os pequenos buracos, as rachaduras, isso faz com que sejam únicas», aponta a porta-voz da empresa, Anna Michelazzo.

Essas rolhas são impressas com um número pessoal e fotografadas de vários ângulos. Essa informação pode ser ‘scaneada’ para uma base de dados com detalhes de onde e quando a rolha foi feita, além de características individuais. «As adegas que compraram as rolhas vão para a base de dados e inserem todas as informações de que gostariam. Por exemplo, de onde os vinhos vêm, quando as rolhas foram inseridas, a marca, a região, a colheita, o blend e a foto da garrafa», diz Michelazzo.

Gianni Tagliapietra, CEO da Brentapack, acredita que esse sistema pode impedir uma prática cada vez mais comum, que é encher garrafas vazias de vinhos famosos com líquidos menos nobres. «É uma rolha normal, portanto, é difícil *tirá-la e colocá-la novamente sem danificá-la*», diz. Se houver suspeitas, a rolha também pode ser analisada nos laboratórios da empresa.

in.mariajoaodealmeida.com

* Existe quem consiga retirar uma rolha de cortiça sem a danificar, pois não usa saca rolhas* 





0 comentários:

Enviar um comentário