quarta-feira, 19 de março de 2014

Saber mais sobre o vinho de Espanha

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN , No comments


A Espanha se no passado era sobretudo conhecida pelos seus Vinhos fortificados de Jerez e Riojas têm vindo a empreender uma revolução na produção vitivinícola, ao ponto de actualmente ser o país com maior área de vinha do mundo.

Penedés
Local: situada na região em redor de Vilafranca del Penedés, sendo que a região mais alta é a que produz vinhos de melhor qualidade. Os solos são de muita drenagem arenosos na costa, as regiões montanhosas de calcário. O clima é mediterrânico, seco e quente, com geadas e chuvas nas zonas altas. A base dos vinhos de Penedés é o espumante (Cava) obtido principalmente das castas Xarel-lo e Macabeo, Parellada nas zonas altas. Entre os produtores independentes mais conhecidos contam-se as Bodegas Torres.

Priorat
Local: município com o mesmo nome numa pequena região interior do Sudoeste da Catalunha, nos vales dos rios Montsant e Siurana. Priorat é uma das 3 DOC’s de Espanha, juntamente com Rioja e Ribera del Duero. Os solos são de um terroir único de ardósia negra que conserva o calor e quartzo. O clima é uma combinação do clima mediterrânico e continental com Verões quentes, com influência dos ventos mistral do mediterrânico e Invernos continentais com ventos do norte. Precipitação entre os 400 e 600mm. As vinhas são de rendimentos muito pobres e as castas sobretudo a Grenache e tambem Cariñena, mais recentemente combinadas com a Cabernet Sauvignon e Syrah.

Ribera del Duero
Local: zona planáltica em redor do rio Douro entre Burgos, Soria e Valladolid. Os solos são argilosos, alternado com camadas de marga e calcário. O clima é continental com Invernos rigorosos e Verões muito quentes, chuvas com menos de 450mm / ano e quase 2,500 horas de sol. Foi-lhe conferido o estatuto DOC desde 2008 e é sobretudo conhecida pelo lendário Vega Sicília “Único” ou mais recentemente pelo Pesquera. Elaborados sobretudo a partir da casta Tempranillo são mais concentrados, encorpados e frutados (ameixa) do que os Rioja.

Rioja
Local: zona planáltica em redor do rio Douro entre Burgos, Soria e Valladolid. Os solos são argilosos, alternado com camadas de marga e calcário. O clima é continental com Invernos rigorosos e Verões muito quentes, chuvas com menos de 450mm / ano e quase 2,500 horas de sol. Foi-lhe conferido o estatuto DOC desde 2008 e é sobretudo conhecida pelo lendário Vega Sicília “Único” ou mais recentemente pelo Pesquera. Elaborados sobretudo a partir da casta Tempranillo são mais concentrados, encorpados e frutados (ameixa) do que os Rioja.

5 vinhos recomendados

Marquês de Riscal Reserva

Marquês de Riscal Reserva, Espanha - Rioja - Castas Tempranilho (80%), Graciano (10%) e Mazuelo (10%). 

De cor rubi intensa, com nuances levemente acastanhadas. 

Apresenta nariz acentuado a madeira clássica e algumas notas de fruta madura bem marcada. 

Tem profundidade e final com retro gosto. 

Taninos suaves, mas muito agradável, fresco e fácil de beber.

Presunto, queijos, carnes vermelhas guisadas e cozidas. Deve ser servido a 17º / 18ºC

Akyles Priorat

Akyles 2006 Espanha - Priorat. Castas 18% Garnacha Peluda, 42% Garnacha tinta, 25% Cariñena, 15% Cabernet Sauvignon. 

Nariz atractivo e elegante com certos toques de amora e frutas negras. 

Na boca, a entrada é suave e gulosa mostrando um bom equilíbrio, sedoso e persistente, muito suave e fácil de beber.

Devido à sua estrutura equilibrada, este é um vinho para todas as estações, que combina bem com uma infinidade de pratos, sejam carne, peixe o queijos. Deve ser servido a 16ºC embora no verão possa muito bem beber-se a 14ºC.
Roda Cirsion

Possui uma profunda cor negra-púrpura e os seus aromas desembaraçam-se em sucessivas ondas de fruta muito negra, terra húmida, violetas, chocolate e menta, eucaliptos, fumo... 

Na boca tem um volume enorme, combinando de maneira surpreendente uma grande estrutura com uma fantástica suavidade. Camadas e camadas de aromas e sabores que permanecem na boca, acarinhando-a antes de se desenvolverem num final que fica na boca e regressa ao nariz.

É aconselhável decantar o vinho várias horas antes do serviço, especialmente as colheitas mais recentes.
Roda I - Reserva

Vindima excelente em Rioja 

Cor: Fundo cereja picota e auréola púrpura. 

Nariz: Fruta negra que sai desde o fundo do copo, matizes de ameixa preta. Especiarias doces, canela, cravo, notas de chocolate e cedro. Sensação mineral, de enorme elegância. 

Boca: Tacto cremoso, de tanino muito fino. Grande volume na boca, com sensações de frutas negras e minerais. Saboroso, longuíssimo e com potente expressão retronasal. Deixa uma agradável sensação de frescura. Muito elegante.

Vinho para harmonizar, de preferência, na segunda parte da refeição, com carnes ou pratos elaborados, perfeito para acompanhar queijos e chocolates.


Terra D´Uro - Finca La Rana

Elaborado a partir de castas com mais de 18 anos seguindo as melhores técnicas biológicas. Estagiou em barricas de primeiro, segundo e terceiro ano. 

Este excelente vinho é de produção limitada. 

Um vinho intenso e muito saboroso que em nada desaponta.

Aromas sedutores, intensos e muito agradáveis. Fruta expressiva com expressividade e intensidade. 

Aparece acompanhado de ligeiras notas herbaceas e florais num conjunto muito agradável. Intenso e elegante.

0 comentários:

Enviar um comentário