quinta-feira, 3 de abril de 2014

Vinho Branco - 2 vieram de Lisboa e 1 do Alentejo - São os 3 uma excelente escolha

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN , No comments

A chegar o bom tempo (assim se espera), voltamos a preparar a churrasqueira para grelhar um belo peixe. E nada como se começar a preparar a garrafeira de casa com uns bons brancos. Para recomendar todos os vinhos brancos que merecem estar na sua garrafeira, seria necessário fazer muitos, mas muitos mais posts. Ficam 3 das muitas sugestões disponíveis.

Tipo de vinho: 
Branco

Prova: 
Cega

Condições da prova: 
Vinhos servidos a 12 graus


 Quinta de Chocapalha 2012

Enólogos(as): Diogo Sepúlveda, Sandra Tavares da Silva. 
Produtor: Quinta de Chocapalha. 
Teor alcoólico: 13,0%. 
Castas: 29% Arinto, 71% Viosinho. 
Foram produzidas apenas 3.200 garrafas.

Cor: Citrina 
Aroma: Este vinho muito aromático e fresco, apresenta um aroma com notas cítricas, florais e algumas tropicais, provenientes da casta Viosinho. 
Prova: Na boca, é um vinho intenso, elegante, com um bom comprimento e uma persistência equilibrada.

 Pêra-Manca 2011

Provenientes das vinhas da Fundação Eugénio de Almeida, as castas utilizadas (alentejanas, consagradas e recomendadas para a Denominação de Origem Controlada Alentejo) nos Pera Manca branco e Pera Manca tinto conferem a estes vinhos personalidades bem marcadas e estilos muito próprios. Produzido a partir das castas Antão Vaz e Arinto. Depois de colhidas, parte das uvas fermentam em depósito de aço inox e a outra parte em barricas de carvalho francês, a temperatura controlada. Após a fermentação, segue-se um estágio de 10 a 12 meses sobre borras finas com batonage. Por último, o vinho beneficia de um estágio final em garrafa durante 6 meses. 14% Vol

Fruta branca, vegetal seco, suaves notas fumadas, muito elegante e proporcionado. Grande mas fresco e cremoso, com acidez viva, corpo médio, boa estrutura, final puro e focado, com ligeiros amargos. Um branco de eleição.



 Casal Figueira António 2012

Este vinho é feito de vinhas velhas de Vital, casta autóctone da região de Lisboa, sob clima Atlântico e solo calcário. 
750 ml 
12.5%Vol 
Contém sulfitos

 Fruta amarela bem madura, ligeiros achocolatados e um pouco de menta, ervas apimentadas a dar complexidade e sedução. 

Cremoso, muito equilibrado, com acidez no ponto, minerais finos, final delicado e longo.





Estas são 3 sugestões entre as mais de 200 que podiam e mereciam também aqui estar. Se deseja saber mais sobre outros excelentes vinhos brancos, clique aqui

0 comentários:

Enviar um comentário