sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Vinho Colheita Tardia - Top 3

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Colheita Tardia (Late Harvested)
Designa um vinho feito com uvas vindimadas mais tarde do que o normal, ultra-maduras, quase transformadas em uvas-passas na videira. Todos os vinhos “colheita tardia”, dependem igualmente deste tipo de amadurecimento natural, para ter o tão característico teor de açúcar elevado.

Entre as várias e excelentes escolhas, iremos sugerir estas 3 excelentes colheitas tardias:

Casal Figueira Vital 2012

Castas
Petit Manseng

Prova
Apresenta uma maravilhosa e límpida cor que transmite pureza mas mesmo assim é bastante doce, nota-se a tangerina e o pêssego. 

Muito bom para acompanhar sobremesas e/ou uma conversa entre amigos.

Recomenda-se
Abrir 10 minutos antes de o consumir
Concha y Toro 

Castas
Sauvignon Blanc

Prova
Cor amarelo brilhante com reflexos bem dourados, chamando a atenção. 

Aromas vegetais e de maracujá no início, com notas florais e de mel aparecendo aos poucos. 

Em boca é um vinho com muita cremosidade e muito, muito, muito doce. 

Mel muito presente.
Malhadinha Late Harvested

Castas
Petit Manseng

Vinificação
As uvas foram colhidas manualmente nos primeiros dias de Novembro e criteriosamente seleccionadas na mesa de escolha. O mosto foi inoculado com leveduras seleccionadas e a longa fermentação a baixas temperaturas foi interrompida por forma a manter um adequado nivel de acucar residual, seguindo-se um estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês.

Prova
Nariz fresco e complexo. Notas de alperce, citrinos e folhas de chá com a madeira presente mas bem integrada. 

Na boca é rico sem ser pesado, a doçura é equilibrada pela acidez cortante, final longo com nuances de frutos secos.




Estas e outras colheitas tardias, em:
www.estadoliquido.pt/ Colheita Tardia

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

5 Vinhos Rosés para o verão - Qualidade vs Valor

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Os vinhos Rosés são elaborados a partir de castas tintas e através de um processo especial de fermentação. O Rosé pode ser definido pela cor, como um tipo de intermédio entre o vinho branco e o tinto, ou seja, entre o vinho obtido com maceração e vinho obtido sem maceração. O seu sabor resulta do equilíbrio entre as características do vinho branco (a leveza e suavidade) e do vinho tinto (sobressaem aromas a frutos, especialmente os vermelhos).

Sugestões


 Quinta da Alorna 

Castas: Touriga Nacional. 

Vinificação: As uvas desengaçadas permanecem em contacto pelicular durante 8 a 12 horas, após a sangria das uvas inicia-se a fermentação com temperatura controlada a 12ºC.

Cor: Rosada e intensa. 

Aroma: Muito frutado marcado pela groselha, framboesa e morango. 

Prova: Intenso e persistente confirmando as notas aromáticas. Final de Boca: Muito suave e agradável. Gastronomia: 

Servir à temperatura de 10-12ºC. 

Acompanha bem entradas, pastas, saladas e sushi.





 Esporão Assobio

O alargamento da gama Assobio, que deve o seu nome ao sopro que se ouve nas vinhas mais altas, vem comprovar a versatilidade e o potencial da Quinta dos Murças na produção de vinhos de excelente qualidade e carácter. 

Da responsabilidade de David Baverstock e Sandra Alves, foi concebido para expressar o potencial das castas tradicionais do Douro, respeitando a tradição vitivinícola da região e adicionando-lhe a abordagem inovadora da equipa de enologia da quinta.

O Assobio Rosé 2013 combina as castas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Francisca que revelam uma excelente harmonização e lhe conferem um perfil singular. 

Sedutor na cor e no aroma a fruta fresca, com apontamentos de cerejas pretas, este vinho apresenta-se fresco, equilibrado e persistente.







Beyra 
Uvas com origem em vinhas plantadas no planalto da Beira Interior, a uma altitude média de 700 metros, maioritariamente em solos de xisto. As vinhas estão plantadas exclusivamente com a casta Tinta Roriz (Tempranillo) perfeitamente adaptada ao clima rústico provocado pela altitude. 

Uvas colhidas à mão, recepção com desengace total e esmagamento de imediato, com contacto pelicular durente um curto periodo. Fermentação entre os 16 - 17ºC com leveduras indígenas. 

Estágio durante 4 meses em cubas de aço inox até ao engarrafamento. 

Aroma intenso de frutos vermelhos, cerejas, framboesas e morangos, com discretas nuances de frutos tropicais. 

Suave, com corpo médio que lhe dá uma grande aptidão gastronómica. 

Ideal só como aperitivo ou com pratos da cozinha mediterrânica em geral.





 Quinta do Rol - Pinot Noir

Esta casta, originária da Borgonha francesa, é provavelmente a mais afamada, reputada e venerada casta mundial. Proporciona vinhos de finura e delicadeza sem paralelo.

Casta particularmente exigente tanto na vinha como na vinificação, encontra na Quinta do Rol condições sem paralelo para a sua produção.

De cor rosada, apresenta–se frutado no aroma, com sugestões de amora, morango e framboesa, acompanhadas de algum rebuçado.

Na boca, apresenta – se fresco e vivo, cheio de fruto, sabor, bem estruturado e prolongado.

Deve ser servido frio, sendo companhias perfeitas para este vinho saladas, peixes e mariscos.





Valle Pradinhos

Vinificação: Desengace total seguido de ligeiro esmagamento dos bagos. Maceração pelicular. Defecação estática. Fermentação a baixa temperatura em cuba inox seguida de estágio sobre borras finas até finais de Fevereiro. Ligeira filtração e estabilização pelo frio antes do engarrafamento.

Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz (Tempranillo).

Cor: Cereja brilhante.

Aroma: Jovem, com excelente intensidade e complexidade onde sobressaem os frutos vermelhos silvestres maduros (morango e framboesa) e os frutos de árvore (cereja madura), além de ligeiras notas florais (flores de Primavera).

Paladar: Macio, cremoso, com acidez refrescante e final persistente.


Veja todos os vinhos rosés disponíveis para entregas em *24 horas
www.estadoliquido/ Vinhos Rosés

*Peça mais informações pelo email: online@estadoliquido.pt 


terça-feira, 26 de agosto de 2014

Julia Kemper Branco 2013 - Um grande vinho do Dão

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

A História
Julia Melo Kemper, advogada de profissão, sempre foi uma apaixonada pelas questões biológicas. Em certa altura, decidiu organizar as vinhas da família, no Dão, de modo a materializar essa sua inclinação. Com a preciosa ajuda da empresa Vines and Wines, replantou a vinha e converteu-a segundo uma orientação biológica.

O Vinho

Feito a partir das Castas Encruzado e Malvasia Fina, em quantidades iguais, este vinho foi vinificado em duas fases. A primeira, com fermentação parcial em barricas de carvalho francês com processo de bâttonage e a segunda, em sistema de bica aberta em cuba de inox com temperatura controlada.

A Prova

É um vinho extremamente original, com a componente aromática a lembrar tília e flor de laranjeira, e na boca um vinho de pendor seco, mineral e fresco. Um vinho que o vai surpreender na prova.


Ver mais na loja online

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Um Touriga Nacional deslumbrante

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Peceguina Touriga Nacional 2011


Castas
100% Touriga Nacional. 

O Vinho
A tensão, os taninos firmes e eloquentes, a frescura e elegância aristocrática. Estagiou durante 12 meses em barricas novas de carvalho francês. 

Prova
Dono de um perfume inebriante, de uma expressividade e pureza impar.
Revela um nariz com muita fruta vermelha e preta, o carácter floral da casta está bem presente assim como notas de especiaria e tosta resultantes do estágio em barricas de grande qualidade. 

Na boca é volumoso sem ser pesado por culpa da boa acidez, taninos maduros. Também aqui se sente a barrica, bem integrada no conjunto. 

Final longo e complexo.

Veja mais na loja online

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Catarina Branco 2013

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

História
No ano de nascimento do vinho, 1982, nasceu uma criança há muito esperada pelos então proprietários da Bacalhôa Vinhos de Portugal. Escolheu-se o nome Catarina para a nova “princesa” da família, o mesmo nome de uma Infanta portuguesa nascida em 1638, Catarina de Bragança, que viria a tornar-se Rainha consorte de Inglaterra pelo casamento com Charles II. 

Castas
Fernão Pires, Chardonnay e Arinto. 

Vinificação
Tanto o mosto Fernão Pires, como o mosto Arinto, fermentaram separadamente em depósitos de aço inox; o Chardonnay fermentou em barricas de madeira nova de carvalho francês tendo estagiado nessas mesmas barricas 4 meses e meio com batonnage. O lote final foi realizado em Fevereiro de 2012 tendo sido logo engarrafado. 

Estágio
A casta Chardonnay estagiou 4,5 meses em barricas novas de carvalho francês.

Notas de Prova
De cor amarela pálida, esta colheita apresenta-se muito delicada, elegante, mineral e floral. Na boca estas impressões são completadas com notas de fruta amarela, como o pêssego e o ananás, combinadas com sensações subtis de madeira tostada, apresentando um final firme, muito fresco, mineral, longo e complexo. 

Gastronomia
Sopas e pratos de peixe, bem como pratos mais condimentados, dado o seu corpo e complexidade aromática. Recomendamos também com queijo de Azeitão, numa oposição de sabores.

Comprar online 

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Bafarela Grande Reserva 2012

BY Estado Liquido - Wines & Spirits IN No comments

Filosofia
Vinho clássico obtido a partir de uvas da Herdade do Esporão, que mostra a consistência e o caracter rico e típico dos melhores vinhos do Alentejo. 

Castas
Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet. 

Estágio
Estagiou durante 12 meses em barricas de carvalho americano 70% e francês 30%. Após o engarrafamento seguiram-se mais 12 meses de estágio em garrafa. 

Notas de Prova
Aroma com fruta madurona, tosta da madeira com notas achocolatadas, sente-se um perfil com alguma doçura da fruta e da barrica, notas a lembrar a bombom de ginja, especiaria em fundo com moderada complexidade. Boca com entrada a saber a fruta madura, boa frescura, novamente leve doçura da fruta em plano negro, moderno em tudo aquilo que mostra, bom corpo com amplitude média, algum chá preto a meio valado, secura de taninos por acalmar (poucos), em final de boa persistência.

Encomendar online
estadoliquido.pt / Bafarela Grande Reserva 2012